Entrar Cadastre-se!

Saímos do mundo underground, mas nunca do nosso porão!

Fotógrafos

Tanda Melo

Natural de São José dos Campos e formada em jornalismo pela Universidade de Taubaté, Tanda Melo vai na direção contrária de sua experiência como repórter fotográfico e freelancer do fotojornalismo sindical, ao buscar uma imagem do incerto, do subjetivo. E desenvolve um trabalho pessoal, desvinculado da realidade. Usando poucos elementos, temas simples, formas geométricas, sombras, texturas e valorizando o contorno da luz, busca com a simplicidade a arte na fotografia. Em 2006, participou do FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, realizado no Centro Cultural Fiesp, em São Paulo, por meio de um livro de fotografias, acessado virtualmente, intitulado: Memórias de um lugar que nunca existiu, um projeto de João Francisco Mariano, Liz Krause e Geraldo Magela. Em 2008, do Festival de Fotografia de Porto Alegre/FestFotoPoa, de 8 a 13 de janeiro. E do Ações Culturais Itinerantes do SESI, com a exposição "Concretos e Abstratos". Projeto que viajou por todas a unidades, de 2007 até 2010. E em 2012, participou do 2º Salão Nacional de Arte Fotográfica de São Caetano do Sul, uma realização da Secretaria Municipal de Cultura de São Caetano do Sul (SECULT) e do Fotoclube ABCclick. "Procuro as pequenas coisas, as mais simples, que estão ao nosso redor e que quase nunca são notadas. A raridade no corriqueiro. Quero a imagem de um grão de areia, como nunca foi visto. Não quero as epopéias, quero os mais secretos rascunhos. O objetivo? O subjetivo! Do interior de São Paulo, para o interior das pessoas. Esse é o plano!"